BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

ALIANÇA DE SANGUE


A meia noite se aproxima, está na hora de entrar. Em um quarto no andar de cima ela se encontra adormecida deitada em sua cama esperando o sol chegar.Mas não esta noite,nem nunca mais.A partir de hoje o amanhecer para ela será apenas uma lembrança de um tempo distante e um inimigo a ser temido.É o inicio de sua nova vida,seu nascimento para a escuridão.
Subo as escadas devagar e calmamente. Um passo de cada vez.Ah! O silêncio antes da tempestade!Não sei o que sinto ao certo, só sei que estou ansioso, hoje é o dia em que finalmente teremos nossa passagem para uma eternidade juntos. Ela não sabe disso ainda,mas esse será meu presente à ela.A vida e a juventude eternas.


Abro a porta do quarto e lá está ela, deitada em sua cama de lençóis brancos. Seus cabelos negros espalhados pelo travesseiro a fazem parecer como uma sedutora medusa.Sua pele branca,levemente rosada reflete a pálida luz do luar e entra por uma janela aberta acima da cama.Perfeição!Tudo parece se unir para compor o cenário do inicio de nossa história juntos.

Deito ao seu lado. Ela não percebe a minha presença.Ainda bem,não quero desperta-la de seus últimos sonhos mortais.Delicadamente ela vira a cabeça para o lado me mostrando seu fino pescoço como se me convidasse a dar seu beijo da noite.


De forma rápida e indolor, cravo meus dentes em seu pescoço. Ah!Como é doce!Sinto toda sua vida, sua energia pulsar em meu corpo. Escuto seu coração bater forte como um tambor em compasso junto ao meu.O sangue escorre por meus lábios e ela suspira e geme,imaginando que estranho prazer é aquele que sente no meio da noite.Naquele momento,nada mais existe.Nem a noite,nem o dia e o tempo parece parar.Somos apenas nós dois em um só corpo e carne unidos por nossa aliança de sangue.Sangue que vive,sangue que morre,sangue que renasce para a pura beleza da vida sob o luar.


Hora de ir embora, deixo-a deitada onde está e a cubro com seu lençol marcado por seu sangue. O sol já se aproxima e o dia começa a clarear.Para ela,pela ultima vez.

3 comentários:

alencar, gabriela disse...

adorei :D

Astrylah disse...

mandou bem hein... Uma história boa é aquela que desperta nossa imaginação, e foi o que despertou em mim. Me imaginei assistindo uma cena de um filme de vampiro, desses bem clássicos.

Rael disse...

tu é gay pedro
UDHAUDHAUHDASUHUDH

s2